Programa Inclusão

Programa Inclusão

O Programa Inclusão não deixa ninguém de fora do que acontece por aqui. Com o objetivo de promover o acesso, a permanência e a participação dos estudantes com necessidades educacionais especiais, o programa oferece o apoio facilitador para a participação na vida acadêmica. Os Professores dispõem de suporte para o exercício de uma pedagogia inclusiva, com estratégias avaliativas e metodológicas diferenciadas.

 Objetivos Gerais

Promover o acesso, a permanência e a participação na vida universitária dos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, oferecendo-lhes o suporte necessário à participação e ao bom desempenho na vida acadêmica.

Sensibilizar e apoiar os professores quanto à necessidade de uma prática pedagógica inclusiva, que requer estratégias avaliativas e metodológicas diferenciadas, como também apoiá-los quantos à efetivação dessas mudanças.

Oferecer aos professores com necessidades de acessibilidade especiais, recursos e serviços facilitadores de sua permanência na Universidade e do exercício de sua prática docente.

Objetivos Específicos

Assegurar aos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, condições de acessibilidade, participação e aprendizagem.

Oferecer aos professores alternativas no sentido de ajudá-los a conhecer as condições dos alunos com necessidades educacionais especiais e a minimizar/superar as possíveis dificuldades encontradas na sua prática pedagógica junto a eles.

Solicitar adequação, quando necessário, das atividades oferecidas pelos demais Programas do NADD para possibilitar o atendimento dos alunos e professores com necessidades especiais, de forma a permitir a participação de todos.

Estabelecer, quando necessário, contatos com os familiares dos alunos e/ou com outros profissionais de saúde.

Levar ao conhecimento da comunidade universitária as ações desenvolvidas no âmbito do NADD, que visem a assegurar condições básicas de acesso, participação consciente e produtiva, mobilidade e uso de equipamentos e instalações da Universidade, aos alunos e professores com necessidades especiais, minimizando as dificuldades inerentes a cada caso.

Público-Alvo

Alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades/superdotação, condutas típicas e dificuldades temporárias; além de professores e familiares que lidem com esses alunos; professores com necessidades especiais de acessibilidade.

 

 

 

Rolar para o topo